DELEGACIA ESPECIALIZADA DE ATENDIMENTO À MULHER DE PLANALTINA REALIZOU A OPERAÇÃO ÁTRIA

Em 11 de março de 2024, a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Planaltina/GO, no âmbito da Operação Átria, efetuou a prisão em flagrante de um suspeito pelos crimes de Cárcere Privado, Racismo, Violência Psicológica, Posse ilegal de arma de fogo e Vias de Fato, cometidos contra a sua companheira.

A equipe da DEAM/Planaltina recebeu informações de que a vítima passou a noite sendo mantida em cárcere privado pelo seu companheiro, sob graves ameaças, bem como que o suspeito a agrediu com coronhada de arma de fogo e, ainda, proferiu xingamentos de cunho racistas, como “macaca, crioula”, tendo afirmado que desejava “amarrar e chicotear a vítima”.

Após confirmação das informações, a equipe policial localizou e apreendeu a referida arma, na residência do suspeito, tendo logrado êxito em prendê-lo ainda em flagrante delito.

Ao ser ouvido, o suspeito afirmou ter participado de grupos “neonazistas” e possuir diversas passagens criminais.

O conduzido possui diversas tatuagens que fazem apologia ao Nazismo.

O preso foram encaminhados à Unidade Prisional de Planaltina/GO e encontra-se à disposição da Justiça.

Please follow and like us:
Pin Share

Compartilhe

Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais comentadas

Get The Latest Updates

Envie-nos um email

Não aceitamos spam

Categories

.

Mais notícias

Piora de visão: O que pode ser?

Enxergar bem envolve uma série de partes específicas do olho como córnea, pupila, cristalino, retina, entre outros, além da parte nervosa, o nervo ótico e