Douglas Chegury: Por Dr. André Duarte

RECEBI E REPOSTEI:

O episódio do promotor de justiça que “chamou a advogada de feia” em plenário do tribunal do júri ocupou as manchetes dos veículos de comunicação, que bradaram escancarada misoginia.
Será este um retrato fidedigno do que aconteceu naquele plenário?
Juízes, advogados e colegas promotores que trabalharam com dr. Douglas Chegury estão espantados com a repercussão dada aos fatos.
Poderíamos falar da costumeira educação, simpatia, calma e até paciência do colega, mas vamos falar da sua nobreza de caráter, da sua humanidade, espelhada no intenso trabalho em favor das minorias (infância, mulheres vítimas de violência, comunidades Kalunga, assentados dos programas de reforma agrária no corredor da miséria do nordeste goiano, comunidade lgbtqia+) seu trabalho, por palavras dele, é garantir direitos constitucionalmente assegurados aos excluídos, é dar voz aos que nunca tiveram voz. Mas vamos falar também do seu combate intransigente à corrupção, à criminalidade, inclusive ambiental, às injustiças, de maneira geral.
Ele errou? Poderia ter ficado calado e levado os desaforos e os insultos consigo pra casa? Talvez.
Mas em uma disputa jurídica desequilibrada (os réus, de suposto crime doloso contra a vida, tinham 8 – oito – advogados), penso que em sua humanidade, sucumbiu, diante dos seguidos desaforos, das contínuas interrupções ao seu momento de fala, diante do escárnio da colega, do desacato gestual (piscar e mandar beijo em plenário para o promotor de justiça é um desacato). Os insultos, as instigações talvez tivessem um objetivo – tumultuar a sessão, levando à suspensão da mesma.
Ponto para a advogada!
O colega será julgado (e já está antecipadamente condenado) não por sua extensa ficha de serviços prestados à sociedade goiana, mas por ter revidado às ofensas da adversária em plenário.
Para assassinar uma reputação basta contar uma estória, de forma parcial, fora de contexto, omitindo-se a íntegra dos fatos que precederam a reação jocosa e, finalmente, ouvindo-se apenas um dos lados. O resto, os comentários implacáveis e os julgamentos precipitados, fazem sozinhos, e o dano – irreversível, está posto!

https://www.instagram.com/p/C49dKS3sm2K/?igsh=MWlwcGlqano5dXI3dA==

Please follow and like us:
Pin Share

Compartilhe

Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais comentadas

Get The Latest Updates

Envie-nos um email

Não aceitamos spam

Categories

.

Mais notícias

Piora de visão: O que pode ser?

Enxergar bem envolve uma série de partes específicas do olho como córnea, pupila, cristalino, retina, entre outros, além da parte nervosa, o nervo ótico e