A tensão entre a Venezuela e a Guiana: uma ameaça à paz na América do Sul

ARTIGO

A tensão entre a Venezuela e a Guiana é um problema de longa data que se agravou nos
últimos anos. A Venezuela reivindica uma área de 160 mil quilômetros quadrados do território
guianês, que é rica em recursos naturais, como ouro e petróleo.


O governo de Nicolás Maduro usou essa disputa territorial para sua própria manutenção
no poder. Ele acusa a Guiana de apoiar grupos de oposição que buscam derrubá-lo. Maduro
também tem usado uma disputa para tentar obter apoio internacional, alegando que a Guiana é
uma ameaça à soberania da Venezuela.
A Guiana, por sua vez, rejeita as reivindicações da Venezuela. O governo guianês afirma
que a região é de sua soberania e que a Venezuela não tem direito sobre ela.
O aumento da tensão entre os dois países tem gerado preocupação internacional. O
Brasil, que faz fronteira com a Venezuela e a Guiana, é um dos principais pontos em uma
solução de importação para o conflito.


Introdução:
A tensão entre a Venezuela e a Guiana é um problema de longa data que se agravou nos
últimos anos. A disputa territorial entre os dois países remonta ao século XIX, quando a
Grã-Bretanha concedeu à Guiana uma concessão de terras que incluía uma região reivindicada
pela Venezuela.
A Venezuela nunca aceitou essa concessão e, em 1962, apresentou uma disputa ao
Tribunal de Justiça Internacional (TIJ). O TIJ decidiu em favor da Guiana em 1989, mas a
Venezuela não tomou a decisão.
Nos últimos anos, a Venezuela voltou a reivindicar a região, alegando que a Guiana está
explorando ilegalmente os recursos naturais da área. O governo de Nicolás Maduro também
acusa a Guiana de apoiar grupos de oposição que buscam derrubá-lo.
A disputa territorial e a manutenção no poder de Maduro:


A disputa territorial entre a Venezuela e a Guiana é uma oportunidade para Maduro
consolidar seu poder. Ele tem usado a questão para desviar a atenção da crise econômica e
política que assola o país.
Maduro também tem usado uma disputa para tentar obter apoio internacional. Ele acusa
a Guiana de ser um instrumento dos Estados Unidos, que busca desestabilizar o governo
venezuelano.
A disputa territorial também foi usada por Maduro para tentar intimidar a oposição. Ele
acusa os líderes da oposição de serem traidores que estão trabalhando para entregar a região
da Guiana.

Os recursos naturais da região:
A região reivindicada pela Venezuela é rica em recursos naturais, como ouro e petróleo.
A Guiana já iniciou uma exploração de petróleo na área, o que aumentou a tensão entre os
dois países.
O petróleo é um recurso estratégico importante para a Venezuela. O país é um dos
maiores produtores de petróleo do mundo, mas sua produção caiu nos últimos anos devido às
avaliações econômicas impostas pelos Estados Unidos.
O ouro também é um recurso importante para a Guiana. O país é um dos principais
produtores de ouro da América do Sul.
O envolvimento do Brasil e dos Estados Unidos:
O Brasil é um dos principais assuntos em uma solução de importação para o conflito
entre a Venezuela e a Guiana. O país faz fronteira com os dois países e tem uma longa história
de cooperação com a Guiana.


Os Estados Unidos também estão preocupados com o aumento da tensão entre os dois
países. O país teme que o conflito possa se espalhar para a América do Sul.
O Brasil e os Estados Unidos trabalham juntos para tentar resolver uma disputa territorial.
Os dois países têm pressões sobre a Venezuela sobre a decisão do TIJ e sobre a Guiana
sobre a suspensão da exploração de petróleo na região.
A Guerra na Ucrânia e a tensão entre a China e Taiwan:
A tensão entre a Venezuela e a Guiana ocorre em um contexto de crescente tensão
global. A Guerra na Ucrânia e a tensão entre a China e Taiwan são exemplos de conflitos que
podem desestabilizar a ordem internacional.
A escalada da tensão entre a Venezuela e a Guiana é uma ameaça à paz na América do
Sul. O conflito pode ter consequências negativas para a região, como o aumento da
instabilidade política e econômica.

Conclusão:
A tensão entre a Venezuela e a Guiana é um problema complexo que exige uma solução
diplomática. O Brasil e os Estados Unidos têm um papel importante na divisão da resolução do
conflito.
Os dois países devem trabalhar juntos para impulsionar a Venezuela a considerar a
decisão do TIJ e a Guiana a suspender a exploração de petróleo na região

Roosevelth Gutenberg Ferreira Campos
Constitucionalista
MBA em Gestão Pública
Pós-Graduado em Perícia Forense Computacional

Please follow and like us:
Pin Share

Compartilhe

Facebook
WhatsApp

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais comentadas

Get The Latest Updates

Envie-nos um email

Não aceitamos spam

Categories

.

Mais notícias

Saudades do CERRADO

Não faz muito tempo, talvez a menos de vinte anos, a região do entorno de Brasília tinha uma vegetação rica em arvores, arbustos e forrageiras.